O diretor Marc Forster concedeu uma entrevista ao site Tracking Board, em 2017, onde falou como foi trabalhar com Blake Lively no filme Por Trás de Seus Olhos. Leia a tradução abaixo!

Como você acabou com Blake e Jason interpretando o casal? Acho que Blake é um pouco mais óbvio porque ela é uma estrela que pode carregar um filme, mas Jason não é tão óbvio. Como você escolheu os dois?
Jason e eu sempre quisemos trabalhar juntos por muito tempo e Jason fez parte do projeto primeiro. Quase fizemos outro filme juntos, e acabei não dirigindo aquele filme, mas sempre conversamos sobre o que fazer juntos. Eu levei o roteiro para ele, e ele foi a primeira pessoa a entrar. Ele adorou e disse: “Eu quero fazer isso”, então foi basicamente assim que começamos a trabalhar juntos nisso. Então Blake acabou trabalhando em dupla com Jason. Eu queria ter alguém que tivesse esse tipo de beleza, mas fosse capaz de minimizar um pouco e deixar a personagem Gina bem natural. No final das contas, ela se torna outra pessoa e acontece essa mudança. Eu também pensei que ela seria boa com a química, e assim que eles começaram a conversar, achei que seria muito natural e senti que podia acreditar neles.

Como você criou as imagens da cegueira de Gina e o que ela viu, e Blake estava ciente do que ela estaria vendo ou de alguns testes que poderia observar enquanto atuava?
Sim, eu mostrei a ela antes, mas também mandamos fazer essas lentes que a deixaram cega, e ela só tinha 5% de sua visão, então a primeira vez que ela esteve no set, ela estava usando as lentes, e ela andava no set e tinha que tatear o apartamento porque nunca o tinha visto antes. Eu queria que ela descobrisse, então fiz com que ela tocasse no sofá e nos cantos. Com essa capacidade limitada de visão, você vê luz aqui e ali e formas de luz e formas de pessoas. Praticamente o que você vê no filme é bem real. Muitas pessoas perderam a visão e a recuperaram, e eu testei o público, trouxe pessoas que eram capazes de ver e perderam a visão e disse: “O que você acha do som? Como isso soa? Como você sente o som em uma sala ou restaurante?” Então, brincamos com o som também e fizemos várias gravações diferentes para essa parte da história.

 

Com informações de Tracking Board.

Blake Lively e Ryan Reynolds provaram mais uma vez como são incríveis. O casal doou 250 mil dólares para a Covenant House Vancouver e 250 mil dólares para a Covenant House Toronto, no Canadá!

Ryan decidiu usar sua doação como um presente especial para incentivar outras pessoas a doar para a Covenant House, uma organização que continua a fornecer serviços essenciais 24 horas por dia, 7 dias por semana para jovens desabrigados, em risco e traficados no Canadá. Reynolds apoia há muito tempo e é amigo da agência canadense (em 2011, ele fez uma visita surpresa ao abrigo em Vancouver) e continua mostrando sua dedicação em ajudar jovens vulneráveis.

“A Covenant House oferece amor, esperança e estabilidade para jovens em risco que fugiram do abuso físico, emocional e sexual”, disse Reynolds. “Eles fazem o trabalho de heróis. Para nós, ajudar a Covenant House desta forma não é uma doação, mas um investimento em compaixão e empatia.” Reynolds disse que o mundo precisa de muito mais empatia e compaixão e os jovens que entram pela porta da Covenant House “têm uma história marcada por um trauma extraordinário.”

Ryan continuou, “Eles são muito mais do que aquele trauma. Eles têm muito a oferecer ao mundo. Combinar este presente é dizer que você acredita neles. Você acredita no poder da compaixão para transformar a trajetória de um ser humano.”

Krista Thompson, CEO da Covenant House Vancouver, disse que Reynolds e Lively “realmente entendem que os jovens que estão enfrentando a falta de moradia merecem amor incondicional e respeito absoluto”. Ela acrescentou que sua generosa doação e apoio significam o mundo para a Covenant House. “Estamos realmente gratos pela amizade contínua”, disse Thompson.

O casal continua ajudando as comunidades em meio à pandemia do coronavírus. Em março, Blake e Ryan anunciaram que doaram 1 milhão de dólares para duas organizações do seguimento alimentar, Food Banks Canada e Feeding America. “Acho que todos podemos concordar, COVID-19 é um idiota”, escreveu Reynolds no Twitter na época. “Se você puder ajudar, visite FeedingAmerica.org e/ou FoodBanksCanada.ca.”

 

Com informações de The Loop.

Blake Lively foi indicada na categoria ‘Melhor Atriz em Filme de Ação’ por sua performance em O Ritmo da Vingança (The Rhythm Section) no Critics Choice Super Awards, nova premiação da Critics Choice Association. Confira a lista das indicadas abaixo!

BEST ACTRESS IN AN ACTION MOVIE
Betty Gilpin – The Hunt (Universal)
Yifei Liu – Mulan (Disney+)
Blake Lively – The Rhythm Section (Paramount)
Iliza Shlesinger – Spenser Confidential (Netflix)
Hilary Swank – The Hunt (Universal)

O Critics Choice Super Awards foi criado com o o objetivo de homenagear as formas de entretenimento mais populares, em filmes e séries, como histórias de super-heróis, ficção científica, fantasia, terror, ação e animação.

A cerimônia virtual da 1ª edição, com o anúncio dos vencedores, será transmitida no dia 10 de janeiro pela CW, nos Estados Unidos, e pela TNT, no Brasil, e terá o escritor e diretor Kevin Smith e a atriz e roteirista Dani Fernandez como apresentadores.

Um Pequeno Favor 2? Parece que sim! O diretor Paul Feig confirmou em sua conta no Twitter que está trabalhando em uma sequência do filme.

@josephlongo_: Ei @paulfeig, quando vamos receber Um Pequeno Favor 2?

@paulfeig: Trabalhando nisso!

Só nos resta torcer para que a Blake esteja confirmada nessa sequência. *Dedos cruzados*

Blake Lively vai estrelar comédia romântica The Making Of ao lado dos atores Lin-Manuel Miranda, Richard Gere e Diane Keaton, com Endeavor Content cuidando das vendas no próximo Festival de Cinema de Toronto. O filme será escrito e produzido por Ed Zwick e Marshall Herskovitz.

O roteiro gira em torno de dois casais: cineastas casados há muitos anos (Gere e Keaton) escalam dois atores (Blake Lively e Lin-Manuel Miranda) para retratar seus eus mais jovens na história de seu grande amor. Infelizmente, quando as filmagens começam, seu casamento fabuloso está se desfazendo. Os cineastas querem fazer sucesso; os atores querem contar a história verdadeira. Qual versão é realmente a verdade? E como eles distinguem entre o amor verdadeiro e o amor pelo cinema, quando suas vidas e seu trabalho ficam irremediavelmente interligados?

De acordo com o Deadline, o filme será rodado no primeiro semestre de 2021.

 

Com informações do Deadline.



Informações do site

Nome: Blake Lively Brasil
Hospedagem: Flaunt.nu | DMCA | Privacy Policy
Visitantes Online:
Visitas:
Online desde: 10 de agosto 2017

Nossos parceiros
Nosso twitter
Nosso facebook
Publicidade
Disclaimer

O site Blake Lively Brasil não é afiliado de maneira alguma com a Blake, sua família ou seus representantes. Não somos a Blake e não temos o mínimo contato com a mesma. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos.