O diretor Marc Forster concedeu uma entrevista ao site Tracking Board, em 2017, onde falou como foi trabalhar com Blake Lively no filme Por Trás de Seus Olhos. Leia a tradução abaixo!

Como você acabou com Blake e Jason interpretando o casal? Acho que Blake é um pouco mais óbvio porque ela é uma estrela que pode carregar um filme, mas Jason não é tão óbvio. Como você escolheu os dois?
Jason e eu sempre quisemos trabalhar juntos por muito tempo e Jason fez parte do projeto primeiro. Quase fizemos outro filme juntos, e acabei não dirigindo aquele filme, mas sempre conversamos sobre o que fazer juntos. Eu levei o roteiro para ele, e ele foi a primeira pessoa a entrar. Ele adorou e disse: “Eu quero fazer isso”, então foi basicamente assim que começamos a trabalhar juntos nisso. Então Blake acabou trabalhando em dupla com Jason. Eu queria ter alguém que tivesse esse tipo de beleza, mas fosse capaz de minimizar um pouco e deixar a personagem Gina bem natural. No final das contas, ela se torna outra pessoa e acontece essa mudança. Eu também pensei que ela seria boa com a química, e assim que eles começaram a conversar, achei que seria muito natural e senti que podia acreditar neles.

Como você criou as imagens da cegueira de Gina e o que ela viu, e Blake estava ciente do que ela estaria vendo ou de alguns testes que poderia observar enquanto atuava?
Sim, eu mostrei a ela antes, mas também mandamos fazer essas lentes que a deixaram cega, e ela só tinha 5% de sua visão, então a primeira vez que ela esteve no set, ela estava usando as lentes, e ela andava no set e tinha que tatear o apartamento porque nunca o tinha visto antes. Eu queria que ela descobrisse, então fiz com que ela tocasse no sofá e nos cantos. Com essa capacidade limitada de visão, você vê luz aqui e ali e formas de luz e formas de pessoas. Praticamente o que você vê no filme é bem real. Muitas pessoas perderam a visão e a recuperaram, e eu testei o público, trouxe pessoas que eram capazes de ver e perderam a visão e disse: “O que você acha do som? Como isso soa? Como você sente o som em uma sala ou restaurante?” Então, brincamos com o som também e fizemos várias gravações diferentes para essa parte da história.

 

Com informações de Tracking Board.

Blake Lively e Ryan Reynolds provaram mais uma vez como são incríveis. O casal doou 250 mil dólares para a Covenant House Vancouver e 250 mil dólares para a Covenant House Toronto, no Canadá!

Ryan decidiu usar sua doação como um presente especial para incentivar outras pessoas a doar para a Covenant House, uma organização que continua a fornecer serviços essenciais 24 horas por dia, 7 dias por semana para jovens desabrigados, em risco e traficados no Canadá. Reynolds apoia há muito tempo e é amigo da agência canadense (em 2011, ele fez uma visita surpresa ao abrigo em Vancouver) e continua mostrando sua dedicação em ajudar jovens vulneráveis.

“A Covenant House oferece amor, esperança e estabilidade para jovens em risco que fugiram do abuso físico, emocional e sexual”, disse Reynolds. “Eles fazem o trabalho de heróis. Para nós, ajudar a Covenant House desta forma não é uma doação, mas um investimento em compaixão e empatia.” Reynolds disse que o mundo precisa de muito mais empatia e compaixão e os jovens que entram pela porta da Covenant House “têm uma história marcada por um trauma extraordinário.”

Ryan continuou, “Eles são muito mais do que aquele trauma. Eles têm muito a oferecer ao mundo. Combinar este presente é dizer que você acredita neles. Você acredita no poder da compaixão para transformar a trajetória de um ser humano.”

Krista Thompson, CEO da Covenant House Vancouver, disse que Reynolds e Lively “realmente entendem que os jovens que estão enfrentando a falta de moradia merecem amor incondicional e respeito absoluto”. Ela acrescentou que sua generosa doação e apoio significam o mundo para a Covenant House. “Estamos realmente gratos pela amizade contínua”, disse Thompson.

O casal continua ajudando as comunidades em meio à pandemia do coronavírus. Em março, Blake e Ryan anunciaram que doaram 1 milhão de dólares para duas organizações do seguimento alimentar, Food Banks Canada e Feeding America. “Acho que todos podemos concordar, COVID-19 é um idiota”, escreveu Reynolds no Twitter na época. “Se você puder ajudar, visite FeedingAmerica.org e/ou FoodBanksCanada.ca.”

 

Com informações de The Loop.

Blake Lively foi indicada na categoria ‘Melhor Atriz em Filme de Ação’ por sua performance em O Ritmo da Vingança (The Rhythm Section) no Critics Choice Super Awards, nova premiação da Critics Choice Association. Confira a lista das indicadas abaixo!

BEST ACTRESS IN AN ACTION MOVIE
Betty Gilpin – The Hunt (Universal)
Yifei Liu – Mulan (Disney+)
Blake Lively – The Rhythm Section (Paramount)
Iliza Shlesinger – Spenser Confidential (Netflix)
Hilary Swank – The Hunt (Universal)

O Critics Choice Super Awards foi criado com o o objetivo de homenagear as formas de entretenimento mais populares, em filmes e séries, como histórias de super-heróis, ficção científica, fantasia, terror, ação e animação.

A cerimônia virtual da 1ª edição, com o anúncio dos vencedores, será transmitida no dia 10 de janeiro pela CW, nos Estados Unidos, e pela TNT, no Brasil, e terá o escritor e diretor Kevin Smith e a atriz e roteirista Dani Fernandez como apresentadores.

Blake Lively vai estrelar comédia romântica The Making Of ao lado dos atores Lin-Manuel Miranda, Richard Gere e Diane Keaton, com Endeavor Content cuidando das vendas no próximo Festival de Cinema de Toronto. O filme será escrito e produzido por Ed Zwick e Marshall Herskovitz.

O roteiro gira em torno de dois casais: cineastas casados há muitos anos (Gere e Keaton) escalam dois atores (Blake Lively e Lin-Manuel Miranda) para retratar seus eus mais jovens na história de seu grande amor. Infelizmente, quando as filmagens começam, seu casamento fabuloso está se desfazendo. Os cineastas querem fazer sucesso; os atores querem contar a história verdadeira. Qual versão é realmente a verdade? E como eles distinguem entre o amor verdadeiro e o amor pelo cinema, quando suas vidas e seu trabalho ficam irremediavelmente interligados?

De acordo com o Deadline, o filme será rodado no primeiro semestre de 2021.

 

Com informações do Deadline.

Blake Lively e Ryan Reynolds não cansam de mostrar o quanto são incríveis! Em meio a tanto caos que o mundo vem enfrentando, desde o início da pandemia mundial do COVID-19, Blake e Ryan têm investido parte de suas fortunas em ações sociais e causas importantes.

Desta vez, o casal fez uma contribuição com 200 mil dólares, algo em torno de 1 milhão de reais, para o Fundo de Defesa Legal da NAACP (Associação Nacional para o Avanço de Pessoas de Cor), organização que vem auxiliado os diversos manifestantes nos EUA que estão sendo presos e agredidos durante os protestos contra a morte de George Floyd.

Blake e Ryan também reconheceram como eles estão se educando melhor para ajudar os oprimidos pelo preconceito racial.

“Nunca tivemos que nos preocupar em preparar nossas filhas para diferentes regras de direito ou o que pode acontecer se formos parados de carro. Não sabemos o que é experimentar essa vida dia após dia. Não podemos imaginar sentir esse tipo de medo e raiva. Temos vergonha de que no passado nos permitíamos ser desinformados sobre como o racismo sistêmico é profundamente enraizado.

Temos tentado ensinar nossos filhos diferentemente de como nossos pais nos ensinaram. Nós queremos nos educar sobre as experiências das pessoas e falar com nossos filhos sobre tudo, tudo isso… Especialmente sobre a nossa própria cumplicidade. Nós falamos sobre nosso preconceito, cegueira e nossos próprios erros. Nós olhamos para trás e vemos tantos erros que nos levaram a examinar profundamente quem nós somos e quem queremos ser. Que nos levaram a enormes caminhos da educação.

Estamos comprometidos em criar nossos filhos para que nunca cresçam alimentando esse padrão insano e, portanto, farão o possível para nunca infligir dor a outro ser consciente ou inconscientemente. É o mínimo que podemos fazer para honrar não apenas George Floyd, Ahmaud Arbery, Breonna Taylor e Eric Garner, mas todos os homens e mulheres negros que foram mortos quando a câmera não estava ligada.

Na semana passada, contribuímos com 200 mil dólares para o NAACP Legal Defense Fund. Estamos maravilhados com esta organização e seu líder, Sherlyn Ifill. Também nos comprometemos a ser bem-educados e votar em todas as eleições locais. Queremos saber as posições dos indicados ao conselho escolar, xerifes, prefeitos, vereadores. Queremos saber suas posições sobre justiça. Mas, principalmente, queremos usar nosso privilégio e plataforma para ser um aliado. E para desempenhar um papel no alívio da dor para muitos que sentem que este grande experimento está falhando.”



Informações do site

Nome: Blake Lively Brasil
Hospedagem: Flaunt.nu | DMCA | Privacy Policy
Visitantes Online:
Visitas:
Online desde: 10 de agosto 2017

Nossos parceiros
Nosso twitter

Amamos uma amizade! 🥰 "Querida Disney Plus, é possível quebrar por assistir muito? Perguntando pra uma amiga." 📷 Blake Lively via Instagram Stories pic.twitter.com/fFSf…

Nosso facebook
Publicidade
Disclaimer

O site Blake Lively Brasil não é afiliado de maneira alguma com a Blake, sua família ou seus representantes. Não somos a Blake e não temos o mínimo contato com a mesma. Site de fãs para fãs, sem fins lucrativos.